Nasa testa motor que pode levar humanidade a Marte

Nasa Testa Foguete

A Nasa realizou nesta terça-feira uma segunda rodada de testes do propulsor que deverá levar o homem para Marte. Chamado de Sistema de Lançamento Espacial (SLS, na sigla em inglês), ele será integrado ao maior e mais poderoso foguete já criado pela Nasa e, de acordo com a agência espacial americana, fará parte dos voos não tripulados da nave espacial Orion ao planeta, previstos para 2018. Esses testes são um passo fundamental para a futura colonização de Marte

“A Nasa está fazendo progressos diários na construção de Orion e dos sistemas de solo que vão sustentar o lançamento que será feito no Kennedy Space Center, na Flórida. Estamos no caminho para lançar o SLS e pavimentar o caminho para a presença humana no espaço profundo”, afirmou John Honeycutt, diretor do programa SLS, da Nasa, em comunicado.

Colonização de Marte

Vida Fora da Terra

O teste durou dois minutos e aconteceu próximo a Promontory, em Utah, nos Estados Unidos. Com 47 metros de comprimento, o propulsor foi disposto horizontalmente e sua explosão foi direcionada a uma montanha. O objetivo era medir a capacidade e funcionamento do motor e fazer ajustes para o futuro voo da nave espacial Orion, em 2018.

Os primeiros testes com o propulsor foram feitos em março de 2015. Após a análise dos resultados, novos testes foram necessários e espera-se que, após os testes dessa última terça-feira, o SLS esteja pronto para ser integrado ao foguete. De acordo com a Nasa, o foguete será equipado com dois propulsores e outros quatro motores responsáveis pela viagem até Marte. Se tudo correr bem, os poderosos propulsores poderão, no futuro, levar também astronautas ao planeta. A primeira data prevista para os voos tripulados a Marte, segundo a Nasa, é 2030.

Confira o vídeo do teste (inglês):

Comments

comments