Conheça os 5 maiores museus eróticos do mundo

museus eróticos

As cidades mais turísticas do mundo surpreendem com grandes edifícios, avenidas espetaculares ou parques românticos.  As fotografias se contam em milhões anualmente da Estátua da Liberdade,  Torre Eiffel ou dos canais de Amsterdã, mas andando pelas ruas e saindo do obvio os museus eróticos são algumas dessas pequenas e inesperadas surpresas que vemos em cidades como Nova York, Las Vegas, Praga ou Amsterdã que se transformam numa aventura cheia de histórias.

Confira logo a baixo uma lista com os 5 maiores museus eróticos do mundo:

 

01. Sex Machines Museum

Sex Machines Museum

O Museu Sex Machines em Praga é um exemplo. Localizado na Cidade Velha, o museu foi inaugurado em 2002 e completamente renovado em 2015. Decorado em tons de vermelho, o museu contém mais de 300 exposições, distribuídos por três andares de um edifício histórico do século XVII. O Sex Machines Museum divide espaço com quartos antigos e modernos objetos eróticos e uma réplica de um filme dedicado à projeção de filmes eróticos em preto e branco do início do século XX.

02. Venus Temple, Amsterdã

Venus Temple, Amsterdã

Se há um lugar no mundo onde o erotismo segue normalmente é Amsterdã. Seu distrito da luz vermelha é um ponto de referência por ser um dos bairros mais liberais no mundo em termos de atitude em relação à prostituição, drogas e diversidade sexual. Localizado no “Red Light”, o Venus Temple, é um museu que atrai anualmente meio milhão de turistas. O local ocupa um edifício secular com janelas e tela com figuras e desenhos explícitos. O Templo de Vênus conta a história de sexo ao longo dos séculos com relíquias como um fragmento de porcelanato de navios romanos que deixam pouco à imaginação.

03. Museu Erótico de Barcelona

Museu Erótico de Barcelona

A Espanha também tem museus eróticos, um dos quais é o de Barcelona. Localizado no coração da cidade, o Museu de l’Erotica inaugurado em 1997 conta com um universo erótico como o Hindu Kama Sutra, arte erotica banida do Japão, as origens do filme pornográfico espanhol, a história da arte erótica através olhar dos grandes gênios da pintura ou os mais surpreendentes registros sexuais entre outros assuntos. O museu oferece uma viagem histórica e cultural através do mundo do erotismo e da sua representação na arte através de mais de 800 peças que tornam -se  uma grande coleção.

04. MofSex New York

MofSex New York

New York, a cidade que nunca dorme, também esconde seu Museu do Sexo, mais conhecido como MofSex. Localizado na 233 Fifth Avenue, abriu em 5 de outubro de 2002. Seu fundador, Daniel Gluck, queria para começar um museu dedicado à ” importância da história, evolução e cultura do desenvolvimento da sexualidade humana”. O museu concentra-se em uma variedade de preferências e subculturas sexuais, incluindo a história gay e do erotismo entre outros. Embora as exposições do museu sejam apresentadas em formato educacional é comum ter conteúdo explícito proibido para menores de 18 anos.

05. Erotic Museum Harry Mohney, Las Vegas

Erotic Museum Harry Mohney, Las Vegas

O Erotic Museum Harry Mohney, também conhecido como Museu Erotico Heritage (EHM) surgiu para preservar antigos artefatos eróticos, obras de arte e filmes com erotismo, trabalho educativo , científico e literário relacionados à saúde sexual. O MHE tem mais de 7.000 metros quadrados de exposições permanentes com materiais eróticos históricos e contemporâneas doados.

museus eróticos

Fonte: abeme

Comments

comments