Os 10 casos mais misteriosos do FBI

FBI foi responsável por derrubar alguns dos criminosos mais famosos ao longo dos anos, desde a sua criação em 1908. Nos últimos anos, sua prioridade número um tem sido a de proteger o povo americano contra qualquer ataque terrorista. Alguns casos, porém, não foram tão bem sucedidos. Aqui está uma lista de 10 dos casos mais misteriosos do FBI.

FBI.

01. DB Cooper – O Skyjacker

1111flashback

O mistério de DB Cooper tornou-se um dos casos mais lendárias do FBI. Em 1971, Cooper saltou de pára-quedas de um avião que ele sequestrou com $ 200.000 de resgate e nunca mais foi visto. O nome que ele usou a bordo do avião foi Dan Cooper, mas esta foi sem dúvida uma identidade falsa. Sua fama cresceu porque ele fugiu da operação do FBI ao longo dos anos.

02. Mortes por Tylenol

20151014-tylenol-trial-records-630x420

Sete pessoas morreram nos Estados Unidos, em 1982, ao ingerir Tylenol envenenado por um homem que queria extorquir a Johnson & Johnson. A empresa retirou o produto de circulação e teve prejuízo de 100 milhões de dólares.

03. O Assassino do Zodíaco

zodiaco

Entre dezembro 1968 e outubro de 1969 no norte da Califórnia, um serial killer atacou sete pessoas, matando cinco delas. Ele ganhou o nome de The Zodiac porque enviava cartas enigmáticas à imprensa e à polícia que salientavam a sua loucura e oferecia pistas para o seu próximo assassinato. Sua assinatura foi o símbolo de marca registrada, como na imagem acima.

04. JonBenet Ramsey Patricia

131024124029-jonbenet-ramsey-limited-usage-remove-on-10-31-2013-story-top

JonBenét Patricia Ramsey tinha apenas seis anos quando ela foi assassinada em 1996. O assassinato atraiu muita cobertura da mídia devido à participação em concursos de beleza e as circunstâncias misteriosas por trás de sua morte. Oito horas depois de ter sido dado como desaparecido, o corpo da menina foi encontrado em seu porão, em Boulder, Colorado. Depois de várias audições, o caso permanece sem solução.

05. Ataques de Anthrax

480-AP-anthrax1-se-21nov11

Os ataques com antraz nos EUA em 2001 mataram 5 pessoas. O início do envio foi uma semana após os ataques de 11 de Setembro de 2001. O caso permanece sem solução, embora saiba-se que a bactéria foi manipulada por um cientista americano. Em meados de 2008, o FBI estreitou seu foco para Edwards Bruce Ivins, um cientista que trabalhou em laboratórios do governo de biodefesa. Ivins teria sido informado acerca de iminente indiciamento e morreu de uma overdose de “Tylenol com Codeína,” o que foi relatado como um suicídio em 1 de agosto de 2008.

06. O desaparecimento de Jimmy Hoffa

gty_jimmy_hoffa_mi_130114_wmain

Ex-presidente do Teamsters Jimmy Hoffa desapareceu em 1975 e nunca mais foi visto. Ele foi condenado por adulteração, tentativa de suborno e fraude em 1964, preso em 1967, e lançado em 1971. Após a sua libertação, o presidente Richard Nixon havia bloqueado Hoffa de ter qualquer atividade sindical até 1980. Hoffa foi trabalhar para reverter esta decisão, quando ele desapareceu. No dia do seu desaparecimento, 30 de julho de 1975, Hoffa foi a uma reunião com os dois líderes da máfia em um estacionamento do Red Fox machus Restaurante em Michigan. Giacolone Anthony Provenzano e Anthony foram os homens da máfia que ele conheceu. Provenzano era também um líder sindical com o Teamsters em Nova Jersey, que já havia sido muito próximo de Hoffa. As buscas foram inconclusivas e  Hoffa foi declarado legalmente morto em 1982.

07. O caso do gado mutilado

Mutilações de gado estrangeiro ou operações militares secretas (DOCUMENTÁRIO) ETS 2015

Durante um período no final de 1970 um inquérito foi realizado em vários estados do E.U.A. onde misteriosas mutilações de animais tinham ocorrido. Começaram a espalhar notícias que os UFOs seriam os responsáveis. Outras teorias também foram apresentadas, tais como cultos satânicos, brincalhões, os predadores naturais, e até mesmo agências governamentais desconhecidas. Uma coisa é certa: o caso do gado mutilado nunca foi resolvido e continua sendo um mistério até hoje.

08. O Unabomber

unabomber

Theodore John Kaczynski (Chicago, 22 de Maio de 1942), mais conhecido como Unabomber, é um matemático norte-americano, escritor e activista político, condenado a prisão perpétua na sequência de uma série de atentados à bomba. O Unabomber é um brilhante matemático que abandonou a sua carreira na Universidade de Berkeley e afastou-se de seu círculo social para viver como um eremita numa cabana isolada no meio da floresta.
Seus alvos eram maioritariamente cientistas informáticos, geneticistas e outros tecnocratas renomados, também referidos, por entre aqueles que partilham a linha politica do Unabomber, como sendo os “arquitetos da Nova Ordem Mundial”. A campanha deixou 22 pessoas feridas e 3 pessoas mortas.
Em 1996, Theodore Kaczynski foi preso por delação do seu irmão, David Kaczynski, ao FBI. Na sua cabana foram encontradas provas que o ligavam à campanha do Unabomber, tendo esta sido mais tarde transferida por reboque para uma análise exaustiva.

09. A Dália Negra

Elizabeth_Short_00

Um dos casos mais misteriosos do FBI também é um dos mais horrendos. Elizabeth Short, apelidada de Dália Negra pela imprensa, foi brutalmente assassinado em 1947.  Seu corpo foi encontrado cortado na cintura em um terreno baldio na zona do Parque Leimert de Los Angeles. Short tinha apenas 22 anos quando ela desapareceu em 9 de janeiro, seus restos foram descobertos seis dias depois. Sua morte manteve-se sempre um mistério e o assassino nunca foi encontrado. Sua história tem sido recriada muitas vezes em livros e filmes.

10. O sumiço de Walter Collins

casos-policiais-misteriosos-10

Walter Collins tinha nove anos de idade quando desapareceu em Los Angeles (EUA) em março de 1928. Uma campanha nacional para localizar o garoto iniciou-se e cinco meses depois um menino apresentou-se à polícia de Illinois dizendo ser ele. Mas tratava-se de um impostor logo desmascarado por Cristina Collins, a mãe de Walter. No entanto, a polícia de Los Angeles ávida por encerrar o caso acusou Cristina de desequilibrada e ela acabou passando alguns dias internada à força em uma instituição psiquiátrica, enquanto o impostorzinho confessava a farsa à polícia. As investigações levavam a crer que Walter poderia ter sido vítima do serial killer Gordon Stewart Northcott, que havia sido recentemente preso pelos crimes que ficaram conhecidos como “assassinatos do galinheiro de Wineville”. No rancho em que Northcot morava foram encontrados corpos de três dos 20 meninos que haviam desaparecidos na região. Northcot assumiu o assassinato de todas as crianças, inclusive Walter, mas voltou atrás neste caso. Anos mais tarde um dos garotos desaparecidos, e que Northcot teria confessado o assassinato, apareceu vivo e isso aumentou as esperanças de Cristina Collins na busca por seu filho. Walter nunca foi encontrado e a história do seu desaparecimento inspirou o filme “A Troca” (2008), dirigido por Clint Eastwood, com Angelina Jolie no papel de Cristina Collins.

Comments

comments