Ilha do Diabo: a prisão mais aterrorizante da América do Sul

Ilha do Diabo

Ilha do Diabo

As condições desumanas de isolamento a transformaram no destino mais temido pelos detentos do velho continente.

A Ilha do Diabo foi uma prisão francesa localizada na Guiana Francesa e que abrigou cerca de 80 mil homens entre 1852 e 1938. Para chegar lá, os prisioneiros eram transportados de barco, mas muitos morriam antes mesmo de alcançar o destino, trancados em celas minúsculas, escuras e superlotadas.

Quem conseguia sobreviver à viagem era obrigado ainda a resistir às inúmeras doenças que rondavam os corredores da prisão. Além disso, os detentos tinham que trabalhar descalços na selva, expostos a todos os tipos de picadas e ataques de animais.

ilha assustadora

Ao redor da ilha, nadavam centenas de tubarões alimentados com carne humana, o que era suficiente para desencorajar a ideia de fuga na maioria dos presos. Os poucos corajosos que conseguiam chegar em terra firme tinham que sobreviver sem nenhum tipo de utensílio ou ferramenta no meio da selva tropical.

Lugar terrível

Depois de cumprida a pena, os presos eram obrigados a passar um período equivalente ao vivido atrás das grades no país sul-americano. Terminado esse prazo, eles podiam voltar à França. Quase nenhum sobrevivia.

Ilha do Diabo

Fontes: Super Curioso, Seu History

Comments

comments