Os 13 países mais perigosos do mundo

Perigosos

Perigosos

A empresa de consultoria de risco Verisk Maplecroft compilou uma lista com os 13 países com maiores riscos de crimes violentos. A consultoria se concentrou em países onde crimes como tráfico de drogas, sequestro, extorsão, roubo e outras atividades semelhantes prevalecem.

Para cada país é dado um risco numérico, variando de 0 (alto risco) a 10 (baixo risco). No entanto, eles não revelam a sua exata metodologia.

Sem quaisquer surpresas, as nações mais perigosas se encontram no Oriente Médio, África e América Latina, onde as economias são normalmente menos desenvolvidas e os sistemas políticos mais voláteis, o que ajuda a criar um clima de violência. Quanto a América Latina, ela é uma área de risco graças ao seu papel no comércio global de drogas.

Perigosos

Confira a lista:

13. Nigéria: 2,37

Guerra na Nigéria

A maior economia da África tem feitos grandes avanços nos últimos anos, mas segue às margens do grupo terrorista Boko Haram e de insurgentes no delta do Nilo, o que faz com que a ameaça de violência continue extrema.

12. Colômbia: 2,31

Drogas

A Colômbia faz parte de uma das principais rotas do tráfico para a América do Norte, já que o país produz uma porção substancial da cocaína do mundo. A prevalência de facções ligadas ao tráfico torna a nação extremamente perigosa.

11. Líbia: 2,30

Guerra

Desde o fim do regime de Muammar Gaddafi em 2011, o país tem um vácuo de poder, e a nação se tornou foco de atividade do Estado Islâmico.

10. Paquistão: 1,98

Violência

As tensões políticas são comuns no Paquistão, e o país é frequentemente atingido por atentados terroristas.

09. Somália: 1,75

Pais Violento

Sendo um dos países mais instáveis do mundo, a Somália é o centro da pirataria que atingiu o Oceano Índico nos últimos anos, além de casa do grupo terrorista al-Shabab.

08. El Salvador: 1,55

Guerrilheiros

No coração da América Latina, El Salvador tem sua paz perturbada pela violência entre gangues e tráfico de drogas.

07. Venezuela: 1,46

Trafico

Assim como a Colômbia, é parte da rota do tráfico para a América do Norte. A economia nacional entrou em colapso por conta de uma péssima administração e da queda do preço do petróleo em 2014, o que levou a escassez até mesmo de alimentos e outros serviços básicos. A soma de todos estes fatores contribuem para o aumento da violência local.

06. Honduras: 1,44

Homicídios

Em 2015, o país teve uma taxa de homicídios de 60 a cada 100 mil habitantes, uma das mais altas do mundo. Honduras é dominada por diversas gangues, responsáveis por altos índices de violência nas ruas.

05. Síria: 1,19

Guerra civil

Devastada por uma guerra civil entre o regime de Bashar Assad e forças rebeldes, a Síria enfrenta uma enorme crise humanitária. Nas grandes cidades, bombardeios aéreos são rotineiros, e quase meio milhão de pessoas morreram desde o início dos conflitos, em 2011. Se isso não bastasse, o Estado Islâmico presente torna as coisas ainda piores.

04. Iraque: 1,19

Guerras violentas

Empatado  com a Síria, o país ainda sofre com as marcas do conflito anterior. Finalmente, o ocidente conseguiu impôr o governo que apoia para este grande produtor de petróleo, mas a presença do Estado Islâmico tem garantido os altos índices de violência na maior parte do país.

03. México: 1,17

Deterioração

“As forças de segurança enfrentam cortes no orçamento, a deterioração do ambiente de segurança é provável, e isto deixa os investidores expostos a riscos”, declarou Grant Sunderland, analista da Verisk no México.

02. Guatemala: 0,72

Violência urbana

Assim como Honduras e El Salvador, a Guatemala é mais um país da América Central assolado pelo tráfico de drogas. Em 2015, o país registrou uma média de 91 assassinatos por semana.

01. Afeganistão: 0,71

Pais Extremamente perigoso

Segundo a Verisk, o Afeganistão é de longe o país mais provável para ocorrer um crime violento. A nação tem problemas com o grupo fundamentalista islâmico Taliban, além do crescente tráfico de heroína, que contribui com a violência local.

Perigosos

Comments

comments