7 projetos secretos dos EUA

Os EUA criaram a Agência Central de Inteligência (CIA) em 1947, e esta organização vem produzindo de tudo para o governo americano.

Entre essas coisas destacamos esses 7 projetos secretos, mas cujos detalhes foram em parte revelados ao longo dos anos.

 

Confira: 7 projetos secretos dos EUA.

 

01. Projeto 1794

Projeto-1794 EUA

Revelado no final do ano de 2012, esse projeto visava a construção de um aeronave semelhante a um disco voador, cujo objetivo era derrubar bombardeiros soviéticos na década de 1950.

A aeronave seria capaz de atingir 4 vezes a velocidade do som e voar a mais de 30 quilômetros de altura. Na época, o orçamento do projeto foi estimado em 3 milhões de dólares. Hoje, custaria cerca de 26 milhões.

O projeto foi abandonado no final de 1961 depois que engenheiros concluíram que a aeronave era muito instável e seria arriscado levá-la a uma altitude tão alta.

02. Projeto Iceworm

Projeto-Iceworm EUA

Esse projeto, idealizado nos anos 60, tinha como objetivo a construção de vários locais de lançamento de mísseis nucleares móveis sob a camada de gelo da Groenlândia. O objetivo, claro, era atacar alvos soviéticos.

O projeto ganhou o codinome Iceworm, mas para testar se ele realmente era viável, o Exército criou um programa cover chamado “Camp Century”, onde foi desenvolvido uma rede de prédios e túneis subterrâneos com alojamentos, cozinhas, laboratórios, enfermaria, centro de comunicações e até mesmo uma usina nuclear.

 A base foi mantida em segredo do governo da Dinamarca, e funcionou por 7 anos. O projeto foi abandonado em 1966 após o gelo da região ficar muito instável, e colocar em risco a segurança dos ocupantes. Os destroços do programa ainda estão sob o gelo Ártico.

03. Projeto MK-ULTRA

Projeto-MK-ULTRA EUA

Mais apavorante do que os dois projetos citados, o MK-ULTRA não visava alvos soviéticos, e sim civis. Tratava-se de um programa ilegal para o desenvolvimento de sistema de controle mental. Entre eles, os cientistas testaram a hipnose aos limites, agentes biológicos e drogas como o LSD e barbitúricos em pessoas. Alguns dizem que o programa também podia ser utilizado para comandar o cérebro de assassinos.

Em 1973, o diretor da CIA Richard Helms ordenou a queima de todos os arquivos do Projeto MK-ULTRA, mas uma investigação foi realizada tempos depois. O programa foi tema de filmes como “Sob o Domínio do Mal” e “Os Homens que Encaravam Cabras”.

04. Area 51

Area-51 EUA

Talvez o projeto secreto mais conhecido dos EUA e o preferido de teóricos da conspiração e ufólogos. Pseudociência à parte, a Area 51 é uma base localizada próximo ao Groom Lake, em Nevada, e o que se passa lá dentro é realmente um mistério. O local era muito relacionado a atividade paranormais, incluindo a hipótese sem nenhuma evidência de que o local abrigava aliens e OVNIs que teriam caído na região.

Em 2013, a CIA liberou documentos sobre o projeto secreto, e confirmou que o local é usado como testes para o desenvolvimento de uma série de aeronaves de espionagem, como as famosas U-2.

Mas, como se sabe, as pesquisas e atividades que são feitas na base são um dos segredos mais bem guardados dos EUA.

05. Projeto Grudge

Projeto-Grudge EUA

Sabemos então que a Area 51 não era um local para o estudo oficial de supostos discos voadores e extraterrestres. No entanto, em 1949, os EUA criaram o chamado Projeto Grudge, que tinha como objetivo o estudo de supostos objetos voadores não identificados, incluindo aeronaves inimigas desconhecidas. No entanto, poucas pesquisas foram feitas.

06. Operação Paperclip

Operação-Paperclip EUA

Esse projeto, criado em 1946, tinha como objetivo atrair os brilhantes cientistas nazistas alemães para os EUA após o fim da Segunda Guerra Mundial. Os esforços garantiram um precioso conhecimento científico que poderia ter caído em mãos soviéticas. O mais famoso recruta do projeto Paperclip foi Wernher von Braun, cientista que posteriormente elaborou as missões lunares Apollo, que levaram o homem à Lua em 1969.

07. Projeto Manhattan

bomba4 EUA

Conhecido pela produção das primeiras bombas atômicas, o projeto Manhattan funcionou em paralelo ao decorrer da Segunda Guerra Mundial. Essencialmente visava a investigação do potencial de armas nucleares.

O primeiro teste atômico foi desenvolvido em 16 de julho de 1945, na Base Aérea de Alamogordo, a 193 km ao sul de Albuquerque, nos EUA. A explosão gerou uma nuvem cogumelo com uma altura de cerca de 12 km, e um poder equivalente a 15 mil toneladas de TNT.

Um mês depois, duas bombas atômicas foram lançadas sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, os únicos exemplos do uso de armas nucleares em uma guerra.

 

Fonte: LiveScience

Comments

comments