Pupilas dilatadas e suas prováveis causas

pupilas dilatadas e seus sintomas

Pupilas dilatadas

Os olhos revelam muito do que se passa com a mente de uma pessoa, seja da sua saúde ou das suas emoções. As pupilas são peças fundamentais para o funcionamento apropriado do corpo humano, sendo responsáveis pelo controle da entrada de luminosidade e da nitidez da visão. Quando há muita luz, elas ficam contraídas, mas quando a luz é pouca, elas dilatam. Porém esse não é o único motivo para as pupilas se dilatarem.

Midríase

pupilas dilatadas

O termo técnico para o processo de dilatação das pupilas chama-se midríase. O normal é termos uma função reagente a estímulos luminosos, porém há casos de midríase fixa ou paralítica. Nestes casos, as pupilas não reagem aos estímulos e permanecem dilatadas com mais de 4mm. Isto pode acontecer com os dois olhos, a chamada midríase bilateral, ou com apenas um deles, conhecida como midríase unilateral.

Concentração

problemas de Concentração

Quando alguém se esforça bastante para pensar, para seguir um raciocínio complicado em uma conversa, fazer uma cálculo matemático difícil ou criar uma história, por exemplo, as suas pupilas dilatam. Por isso, se alguém estiver mentindo, as suas pupilas estarão dilatadas. Portanto, já sabe! Para apanhar alguém na mentira, observe se as pupilas da pessoa estão dilatadas

Falta de oxigênio no cérebro

oxigenação

Quando uma pessoa com problemas respiratórios fica sem receber a quantidade necessária de oxigênio no cérebro, a dilatação da pupila aumenta. Neste caso, a pupila é dilatada por completo. A falta de oxigênio no cérebro também pode acontecer devido a ataque cardíaco ou envenenamento por dióxido de carbono. Outra forma é no caso de viagens para locais com muita altitude ou ainda durante a prática de mergulho sem o equipamento adequado.

Excitação

Excitação

Falando em novo amor… Outra causa das pupilas dilatadas é se sentir sexualmente excitado. Mas não se confunda, o tamanho da dilatação não tem nada a ver com o tamanho da vontade. Não vá pensando que será assim que você vai descobrir se a outra pessoa está tanto a fim quanto você, ou vice-versa.

Danos cerebrais

Danos cerebrais

Já reparou que sempre que alguém sofre um acidente e é levado para o hospital nos filmes, a primeira coisa que o médico faz é acender uma lanterna nos olhos da pessoa? Esse procedimento serve para o médico fazer a avaliação dos reflexos fotomotores do paciente, verificando se as pupilas estão reativas.

Se as pupilas estiverem do mesmo tamanho e reagirem à luz, está tudo bem com o paciente. Mas se não reagirem, ou estiverem dilatadas ou ainda com tamanhos diferentes, há algo errado. É provável que a pessoa tenha sofrido um traumatismo craniano, um aneurisma ou talvez a pressão intracraniana tenha aumentado. A pupila dilatada também pode indicar um tumor cerebral.

Drogas

diga não a drogas

O uso de drogas causa alterações no cérebro, uma das reações mais evidentes é a alteração das pupilas. Anfetamina, LSD e cocaína causam a dilatação das pupilas, enquanto que drogas derivadas de ópio e o consumo de álcool fazem com que as pupilas se contraiam.

Pupilas dilatadas

Comments

comments