Chupão mata jovem no México

Chupão de amor

Chupão Ao que tudo indica, foi isso que aconteceu com o adolescente mexicano Julio Macias Gonzalez, de 17 anos. Ele foi vítima de um acidente vascular cerebral que teria sido provocado a partir de uma mordida da sua namorada.

Julio teve convulsões durante o jantar com sua família na Cidade do México, depois de passar a noite com sua namorada de 24 anos, de acordo com a imprensa local. Os serviços de emergência foram chamados, mas o menino morreu no local.

Coágulo “viajou”

De acordo com relatos da imprensa mexicana, os médicos acreditam que a sucção da mordida resultou em um coágulo de sangue, que “viajou” para o cérebro do adolescente, provocando o AVC. Os pais do garoto culpam a namorada pela morte. Ela desapareceu após o incidente.

Caso na Nova Zelândia

Este é o segundo caso relatado de um chupão que teria desencadeado em AVC. Em 2011, uma mulher de 44 anos, da Nova Zelândia, sentiu perda de movimento no braço esquerdo, foi levada ao hospital e conseguiu se recuperar.

No caso dela, de acordo com relatos da mídia, os médicos concluíram que a sucção da mordida havia danificado uma artéria principal, que formou um coágulo de sangue, que foi ao seu coração e causou um pequeno derrame.

Fonte: The Independent , Seu History

Comments

comments