Uma estrela que pisca a cada 2 minutos

Estrela estranha

estrela Os astrônomos podem ter finalmente resolvido um mistério estelar intrigante entre os cientistas há mais de 40 anos. Uma estrela estranha chamada AR Scorpii pisca brilhantemente e desaparece a cada 2 minutos.

Novas observações mostram que o sistema de estrelas não é apenas algo que nunca vimos antes, é algo que os astrônomos nunca nem sequer imaginaram que poderia ser possível. E isso serve como um lembrete de que ainda sabemos muito pouco sobre os fenômenos dentro do Universo.

AR Scorpii fica a cerca de 380 anos-luz de distância na constelação de Escorpião, e quando foi descoberta pela primeira vez na década de 1970, os pesquisadores colocaram sua definição como uma solitária estrela variável. Mas, no ano passado, uma equipe internacional de astrônomos amadores observaram algo suspeito sobre o seu comportamento – o sistema parecia estar agindo de uma maneira que os cientistas nunca tinham visto antes.

Usando uma série de telescópios, incluindo o Hubble, os astrônomos amadores uniram-se com profissionais para mostrar que AR Scorpii é realmente não uma, mas duas estrelas. E elas estão presas juntas em uma dança extremamente violenta, que orbitam-se uma vez a cada 3,6 horas.

A dupla é composta de uma estrela branca compacta do tamanho da Terra, mas com 200.000 vezes mais massa, e uma anã vermelha, que é um terço do tamanho do nosso Sol. A anã branca gira tão rápido que energiza os elétrons até quase a velocidade da luz, criando um “chicote cósmico” que ataca sua parceira, provocando a liberação de um enorme pulso de radiação eletromagnética a cada 1,97 minutos – e daí vêm o piscar do sistema.

Comments

comments